terça-feira, 25 de dezembro de 2012



"Eu te amo sem saber como, 
nem quando, nem onde. 
Eu te amo simplesmente, 
sem problemas nem orgulho: 
Eu te amo assim, 
porque eu não conheço nenhuma outra maneira de amar, 
Nenhuma outra forma
onde não estão nós dois
uma forma tão íntima, 
que a tua mão sobre meu peito 
é a minha mão, 
tão íntima que quando eu adormecer 
seus olhos fecharão ". 



 Fouquet www.fouquetpoesias.com no Fouquet poesias em 12/25/2012 04:11:00 AM

terça-feira, 30 de outubro de 2012

FELIZ DIA DAS(OS) BRUXAS(OS)

PARABÉNS, a todas as pessoas que fazem aniversário neste dia 31!! Somos iluminados, somos BRUXAS e BRUXOS do bem... Somos guerreiros, justos e honestos. Mas também, somos pecadores. Amamos e acreditamos em DEUS, na vida, na natureza. Somos fortes como os ventos...amamos a lua cheia,por que nela vemos os mistérios da vida...somos como mar, belo e misterioso...Falamos olhando nos olhos, pois é pelo brilho dos olhos que vemos o sol de cada um, sua alma...Somos fogo, podemos apenas aquecer como também incendiar tudo....Somos como as estrelas que brilham.E, que em tempo de nevoa interior ,esse brilho fica ofuscado,mas não por muito tempo.Não nos deixamos abater pelas tristezas!!Um dia ouviremos o chamado de Deus e voltaremos a ser poeira, tornando-nos ingredientes da mãe natureza... Somos o universo! MUITO OBRIGADA DEUS POR MAIS UM ANO DE VIDA, MUITO OBRIGADA UNIVERSO , MUITO OBRIGADA MÃE NATUREZA, MUITO OBRIGADA VIDA!MUITO OBRIGADA TAMBÉM, PELAS COISAS BOAS E RUINS VIVIDAS ATÉ ESTA DATA, 31.10.20120!AS BOAS TROUXERAM-ME ALEGRIAS E A CERTEZA DE ESTAR NO CAMINHO CERTO. JÁ AS RUINS ENSINARAM-ME A ENTRAR EM CONTATO COM O MEU SER SUPERIOR, MUDAR DE ESTRATÉGIA E NÃO DESISTIR!! (BRUXA LUCE SOPHIA)

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Sozinha



Sozinha dentro de mim...
Não sei mais sorrir...Não sei mais chorar.
Roubaram-me o encanto
da vida que eu tinha e que amava. Era amada.
Por que aconteceu?
Acabaram-se os sonhos,
acabou minha história sem final feliz.
Acabou o desejo, a felicidade.
O tempo passa e nada muda.
O passado foi bom...Recordo.
O presente só traz mágoas, desencanto, destruição
de sonhos antigos, que eram nossos, só nossos...
Perda total. Cada um conta sua história,
uma diferente da outra. Quem conta a verdade?
O que vai acontecer?
Será que um dia, nossas almas se encontrarão
no meio do tempo, debaixo da chuva,
em qualquer lugar, buscando algo que perdemos?
Será que vamos encontrar, pelo menos a amizade
o respeito, de duas pessoas que já se multiplicaram,
que já se amaram, cúmplices fiéis em tudo?
E agora são apenas duas lembranças, dois corpos
separados, sem nada de bom a fazer,
sem nada ter para conversar, mais distantes
que a terra e o sol. O tempo parou
ou nós que paramos, esquecidos do amor,
ausentes do corpo que cada um possui?
Será que ainda sobreviveremos juntos nesta luta
que é a vida, amarga, frustrada, sem razão?
Será que um dia sentiremos a presença, um do outro,
num aperto de mão, num sorriso que seja, numa saudação?
Feliz Natal...Feliz Ano Novo...Feliz Páscoa...Feliz     aniversário...
Teremos que reconstruir tudo que desmoronou.
Pegar os cacos espalhados pelo chão e tentar colocar
cada coisa no seu lugar: o amor, o respeito, a sinceridade...
Amar não é somente o sexo. Temos que amar as “pessoas”.
Ser amigos, principalmente e suportar seus defeitos,
suas mazelas, suas queixas,  a tristeza que de vez em quando aparece.
Amar é mais que isto. Ver no companheiro(a) o que via antigamente:
aquele sentimento primeiro que atraiu tanto, embora a beleza
tenha ido embora e deixado em seu lugar apenas a sombra do que era.
Juntos teremos que esquecer as mágoas, as desavenças...
Sinto que o tempo passa, célere... Tenho medo que seja tarde.
Preciso, preciso muito, pelo menos da sua amizade... ( Jandyra Adami )
Parte inferior do formulário

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

“Não há necessidade alguma de ter medo. Você pode perder apenas aquilo que tem que ser perdido. E é bom que perca logo – porque quanto mais tempo ficar, mais forte aquilo se torna.”

Osho

sábado, 17 de março de 2012

A flor do amor!‏


O amor é mais bela
a mais pura flor da vida, 
que floresce inesperadamente 
e sem lei ou rotina, 
deve ser colhida com desejo
para não macular sentimentos
onde for que ela estiver
aprecie com carinho
o instante certo
aquele momento único
mesmo leve horas
e até dias para sua floração
Saiba, é um instante supremo
mas que deve ser vivido
e esperado com infinita paixão!
(DiCello, 6 de março de 2012)

Estou muito feliz com essa indicação!! Muito obrigada pelo carinho!!!
 

O que você achou do novo visual?