sábado, 31 de dezembro de 2011

HOJE ME SINTO ASSIM...

"Ando meio fatigado de procuras inúteis e sedes afetivas insaciáveis."


"Meu coração tá ferido de amar errado."


"Acho espantoso viver, acumular memórias, afetos."


"É preciso estar distraído e não esperando absolutamente nada. Não há nada a ser esperado. Nem desesperado."


"Tô exausto de construir e demolir fantasias. Não quero me encantar com ninguém."


"Quem diria que viver ia dar nisso?"


"Mas sempre me pergunto por que, raios, a gente tem que partir. Voltar, depois, quase impossível."


"Loucura, eu penso, é sempre um extremo de lucidez. Um limite insuportável."


"Num deserto de almas também desertas, uma alma especial reconhece de imediato a outra."


"A gente se apertou um contra o outro. A gente queria ficar apertado assim porque nos completávamos desse jeito, o corpo de um sendo a metade perdida do corpo do outro." (Caio F Abreu)

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Sonhando com Deus


Na última noite
eu tive um sonho lindo
sentei a beira mar
numa noite de lua cheia
estava eu apenas
e Deus estava comigo
Conversamos demoradamente
Ele me fez contar as estrelas
e contou cada qual suas histórias
foi rico aquele momento
único e intenso...
senti o mundo silenciar
tudo parou, até o vento
Pude sentir seu carinho
e ouviu os meus pedidos
Disse-me, calma meu filho
tudo tem o seu tempo
Então, olhou-me nos olhos
e repetiu comigo
a oração do Pai Nosso 
Disse-me ainda...
..."olha para frente...
e segue o teu caminho"
"...Eu estou aqui...sempre estive
estarei eternamente
protegendo cada um
cada qual dos meus filhos" 
Acordei e me sentia leve
senti-me tranquilo
Hoje ainda lembro daquele sonho
levo ele para minha vida!
(Fouquet, 27 de dezembro de 2011)
Publicado em: http://www.pecadosdaalma.com/

INSTANTE

Que faria eu sem este mundo sem rosto sem perguntas
Onde o ser só dura um instante e onde cada instante
Transborda para o vazio o esquecimento de ter existido
Sem esta onda onde por fim
Corpo e sombra juntos se anulam
Que faria eu sem este silêncio poço fundo de murmúrios
Curvando-se a pedir socorro pedir amor
Sem este céu posto de pé
Sobre o pó do seu lastro
Que faria eu faria como ontem e como hoje
Olhando para a minha janela vendo se não estou sozinho
A errar e a mudar distante de toda a vida
preso num espaço incontrolável
Sem voz no meio das vozes
Que se fecham comigo.

Samuel Beckett(tradução inédita de Mário Carvalheira)
(Publicado em:  minhaspoesiasfavoritas.blogspot.com)
 

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Intensidade!‏


Não sou pessoas de meias palavras
o pouco não me serve
Meios, médios não me satisfazem
metades jamais foram meu forte
meias verdades
meias palavras 
até podem me interessam
mas com o tempo 
começo a analisar
palavras podem me conquistar
mas para mim 
o mais importante
são as ações... 
a vontade de querer
as atitudes...
o jeito verdadeiro de ser
isso me chama
me atenta e desafia
a querer com intensidade
Nada que é meio
que é metade...
ou pior o que é pouco
me interessa...
me satisfaz
sou eu...
eu mesmo...
sou intenso...
a intensidade me prende...
arrebata meu coração
faz de mim o que sou
(Poeta Sedutor, 11 de dezembro de 2011)

Para onde eu vou...‏


Ora...para onde o vento
para onde o destino
as correntes me levarem
Sem medo...nem receio
deixo-me levar pela vida
pelo mundo
por um ser divino
que me leva e eleva
e me mostra o caminho
Ora...deixo-me levar!
Elevo-me ao seguir
ir adiante...parar...ficar estático
tudo me leva acreditar
que Deus sabe bem
mas que deseja o meu bem
e nós escolhemos
se vamos ou se seguimos
para onde viajar!
(Fouquet, 11 de dezembro de 2011)

O mundo mudou!‏


Não feche os olhos enquanto me ama...
Deixe-os abertos...
olhe-me bem, que falarei com tua alma
Olhos espertos, repletos de fome...
te desejo olhando-me sempre
lendo também a minh'alma
que de olhos abertos
vê cada detalhe teu
sem pensar em mais nada
Beije...abrace...
viva cada instante
pois amanhã, não se sabe
O mundo da volta todo o tempo
e aquilo que parece belo
profundo e verdadeiro
pode se tornar frágil...
pode acabar como a hora
os dias passam...correm...
tudo muda dum instante para o outro
até mesmo nossos amores!
Acorde, o mundo mudou...
o amor mudou seu sentido
beija-se tantas vezes sem sentido
sem realmente sentir o outro
com a profundeza da alma!
(Poeta Sedutor, 13 de dezembro de 2011)

domingo, 4 de dezembro de 2011

MUITO OBRIGADA MEU AMIGO...HAVENGARD!!!!

MEU AMIGÃO SUAS PALAVRAS FICARÃO ETERNIZADAS NA MINHA ALMA E CORAÇÃO PARA SEMPRE!! MEU ANJINHO QUE VEIO ME AJUDAR NA MINHA CAMINHADA TERRENA...BRUXO DO BEM, DO AMOR E DO PERDÃO!!ADORO-TE!! 

...A VIDA INSISTE EM TE "GRITAR" ALGO QUE AINDA NÃO CONSEGUES OUVIR, EU SEI...., MAS , QUANDO TUA ALMA SE AQUIETAR E PARAR DE CHACOALHAR FAZENDO BARULHO EM TEU SER CARNAL E ESPIRITUAL, HAVERÁ SILÊNCIO SUFICIENTE PRA TI OUVIR O QUE A VIDA ESTÁ A TE GRITAR AMIGA!! CREIA-ME!!
MARCELO HICKEL PRADO  03.12.11)



segunda-feira, 14 de novembro de 2011




 Confesso que ando muito cansado, sabe? Mas um cansaço diferente… um cansaço de não querer mais reclamar, de não querer pedir, de não fazer nada, de deixar as coisas acontecerem. Confesso que às vezes me dão umas crises de choro que parecem não parar, um medo e ao mesmo tempo uma certeza de tudo que quero ser, que quero fazer. Confesso que você estava em todos esses meus planos, mas eu sinto que as coisas vão escorrendo entre meus dedos, se derramando, não me pertecendo. Estou realmente cansado. Cansado e cansado de ser mar agitado, de ser tempestade… quero ser mar calmo. Preciso de segurança, de amor, de compreensão, de atenção, de alguém que sente comigo e fale: “Calma, eu estou com você e vou te proteger! Nós vamos ser fortes juntos, juntos, juntos.” Confesso que preciso de sorrisos, abraços, chocolates, bons filmes, paciência e coisas desse tipo. Confesso, confesso, confesso. Confesso que agora só espero você. (Caio F. Abreu)


 Quero domingos de manhã. Quero cama desarrumada, lençol, café e travesseiro. Quero seu beijo. Quero seu cheiro. Quero aquele olhar que não cansa, o desejo que escorre pela boca e o minuto no segundo seguinte: nada é muito quando é demais. ( Caio F. Abreu)

domingo, 30 de outubro de 2011

Amigo...


Amigo...
Hoje pensei em você...
Eu desejei te-lo aqui
apenas um amigo ao meu lado.
Pra falar das mesmas coisas,
e dividir alguns planos... 
Hoje eu queria 
uma satisfação plena
Recíproca!
Hoje eu desejei estar contigo,
mesmo que sejam apenas por horas
ouvindo tua voz vibrante
sentindo meu coração pulsar forte
Amigo...
sabe, meu coração precisa ouvir-te 
como uma canção de ninar
mas, que eu pudesse também...
falar... falar... falar...
nossas conversar são repletas de risos
e alegrias infinitas
e saiba sempre que precisares de mim
tenho dois ombros pra te ouvir 
deita sobre eles e sente
que posso te dar o abrigo 
sim, do meu coração!
Sabe, conta comigo sempre!
(Fouquet, 21 de outubro de 2011)

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

O Meu Aniversário....


  ...ainda ontem estava a fazer os meus quinze anos, vinte ou até mesmo trinta. E agora, completarei meus quanta e quatro anos. Ufa!!
Sempre que olho para trás, percebo que todas as realizações dão-me a entender que as vivi muito recentemente, por tão vivas continuarem dentro de mim. Por outro lado, as não realizadas dão-me a sensação que a minha passagem nesta terra será longa...
Neste momento passo por um período de reflexão, esse mesmo que já se estende a uns longos meses... resultado de várias quedas que insisti em dar na minha vida.Por não saber ouvir a minha voz interior. Não culpo ninguém; não culpo nem a mim mesma... A culpa não existe! Sinto o meu corpo ferido e meu coração trancado, com feridas que demoram a cicatrizar depois de erros sucessivos na expectativa que estava a fazer o melhor que podia e por achar que havia encontrada a pessoa certa...
Felizmente, encontro-me bem viva para celebrar o dia do Meu Aniversário, dou graças a Deus por isso. Mesmo que por vezes me sinta mais velha, quando me esqueço da criança dentro de mim e dos sonhos que me acordam todas as manhãs. Sim, são os sonhos e a criança que vive em mim, que me fazem ver quanto à vida e bela e o quanto ainda sou jovem. Tive experiências nauseantes que optei por valorizar e prendia-me a respostas e, a perguntas desconexas. Olhando para dentro do meu ser,pergunto-me: onde falhei e o que sou realmente como pessoa???Sem medo do envolvimento, acabo por me sentar para olhar dentro de mim e justificar ou entender a névoa que ainda insiste em permanecer...
Encontrei grandes dificuldades enquanto escalava a montanha da minha vida. Ainda hoje encontro essas mesmas dificuldades, que nem por isso, servem de motivo para ir eu desistir. Pretendo chegar ao topo da minha montanha sem medos de atrasos. Sinto que estou prestes a chegar… Estou me moldando de uma forma a ter uma maior visão das pessoas a minha volta, dos sentimentos que nutro por elas e até mesmo do que delas recebo, através de um longo caminho, nem sempre fácil de percorrê-lo, mas que me leva a descobrir que as pessoas com real valor para minha vida devem ser muito bem cuidadas, mimadas, e nunca subestimadas. Por isso, quero que as energias positivas do bem e do amor tomem conta do meu ser hoje, agora... sempre.Gostaria sinceramente de aceitar-me plenamente, aceitar as mudanças e nunca ficar espantado com elas.
No dia 31 de outubro, dia de enorme felicidade, quero partilhar com todos os que decidiram perto ou longe, permanecer na minha vida. Seja a nível familiar, amizade e, a você meu amor... futuro amor...É sem dúvida com todos vocês que vou dar as boas vindas aos meus quarenta e quatro anos.Confesso-lhes, que ainda assustada é certo, mas um desafio enorme incentiva-me a abrir novas portas para a concretização dos meus sonhos e do amor a muito esperado...com a mesma força do amor que há em mim...Não posso esquecer de agradecer alguém muito especial ,que sempre está comigo nas oras boas e ruim. Pois sem ele, nunca teria chegado onde estou e, nem tão pouco me tornado a mulher que sou... Muito obrigada meu DEUS!!Também, agradeço a mim mesma, por me manter amável, justa, honesta, sincera... verdadeira, confiante e ainda acreditar no amor...na força do meu amor e positiva, apesar das dores e decepções passadas até hoje. Eu...,mereço tudo de melhor da  vida!Parabéns para mim! 
(LUCE SOPHIA, 12.10.11)

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Hoje eu quero...‏


...eu quero estar com você
te olhar sem parar
sentindo teu corpo vibrar
sei que não me dás a minima
nem mesmo me ouves
quero esquecer daquilo que passou
e viver este instante, agora...
Mas meus querer é mais
quero te beijar a boca
desfazer-te das tuas roupas
e sussurrar loucuras
bem baixinho mesmo...
pra você sentir meus labios
tocando suavemente teu pescoço
E minhas mãos deslizando
percorrendo tuas curvas...
Eu simplesmente quero você...
fechando meus olhos
e sentindo teu corpo fundindo-te
intenso, profano e sem medo
Vem conforta-te na minha cama
vamos nos amar infinitamente
Eu quero rolar contigo
saborear teus fluídos
numa noite inteira de amor!
(Fouquet, 2 de setembro de 2011)

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

ACONCHEGO DE MIM...


"Hoje, superei meu abandono e
transformei-me em uma re-invenção de mim.
Não procuro mais onde viver,
realizei meu sonho: sou casa própria.
Estou sempre em obras e aberto a visitas.
Uma moradia sólida,
espaçosa e um hospedeiro insaciável:
abrigo mais do que fui capaz de ser,
sou muito mais do que já fui capaz de abrigar."
(Fernando Palma, escritor brasileiro contemporâneo)

SABER VIVER...

"Não sei... Se a vida é curta
Ou longa demais pra nós,
Mas sei que nada do que vivemos
Tem sentido, se não tocamos o coração das pessoas.
Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.
E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura... Enquanto durar."
(Cora Coralina)

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

"Eu quis tanto ser a tua paz, quis tanto que você fosse o meu encontro. Quis tanto dar, tanto receber. Quis precisar, sem exigências. E sem solicitações, aceitar o que me era dado. Sem ir além, compreende? Não queria pedir mais do que você tinha, assim como eu não daria mais do que dispunha, por limitação humana. Mas o que tinha, era seu. "
(Caio Fernando Abreu)
 Vou te pedir que fique. Mesmo que o futuro seja de incertezas, mesmo que não haja nada duradouro prescrito pra gente. Esse é um pedido egoísta, porque na verdade eu sei que se nada der realmente certo, vou ficar sem chão. Mas por outro lado, posso te fazer feliz também. É um risco. Eu pulo, se você me der a mão.
( Caio Fernando Abreu)

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Simplesmente, vivo!


Tenho aqui dentro
encravado no meu peito
uma força incrível
que faz ter confiança
algo bem maior, inimaginável
É ela que move
e que comove meu ser
Acredito, logo existo
vivo a minha vida assim
na mais pura simplicidade!
Vivo assim, pois acredito
na eternidade!
(Fouquet )

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

MUITOS FELIZES ANIVERSÁRIOS e VIDA LONGA!


Ah! Se você pudesse sentir no traçado dessas palavras “PARABÉNS e FELIZ ANIVERSÁRIO” o bem que desejo a você...
Meu amigo contador de histórias e estórias... das aventuras registradas em suas viagens de mochilas nas costas... Que você descubra novos continentes e que o universo conspire para que isso se realize todos os anos.
Meu amigo que conhece o universo das palavras... Que suas mãos atendam sempre o chamado da sua alma que desejosa de sair da condição de silencio se manifesta em poesias.
Meu amigo que chora e acredita no amor...   Que sua caminhada de hoje em diante seja na companhia de um amor... da sua companheira para todas as horas.
Meu amigo que crê em um ser maior... Que sua fé não seja abalada nos momentos difíceis da vida... Que você sinta a presença de DUES...seu anjinho  te protegendo e te guiando sempre.
Meu amigo... Que a abundância financeira e merecida seja permanente.
Meu amigo que sonha e faz planos para o futuro... Que seus planos se concretizem hoje... Que Deus faça de seus sonhos uma realidade a ser vivida agora.
Meu amigo, Deus o criou saudável e perfeito... Que sua saúde seja de ferro, e as dores da alma arrancadas.
Meu amigo... Adeus período ruim, adeus má sorte, adeus tristezas... Adeus lembranças dolorosas... adeus solidão...adeus...adeus... Tudo ficou no passado.
Meu amigo o tempo não é só de mudança de idade... Mas de uma vida nova e muito feliz... Tempo de deixar para traz tudo que atrasou sua vida...
Meu amigo de muitos amigos... Que eles venham aos milhares e que sejam verdadeiros, puros, sem invejas e, ou maldades e para todas as horas.
Meu amigo... MUITOS FELIZES ANIVERSÁRIOS e VIDA LONGA!...Meu amigo hoje e sempre!
 (LuceSophia, 23.08.11 )

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

De que são feitos os dias?






De que são feitos os dias?
- De pequenos desejos,
vagarosas saudades,
silenciosas lembranças.

Entre mágoas sombrias,
momentâneos lampejos:
vagas felicidades,
inatuais esperanças.

De loucuras, de crimes,
de pecados, de glórias
- do medo que encadeia
todas essas mudanças.

Dentro deles vivemos,
dentro deles choramos,
em duros desenlaces
e em sinistras alianças...

Cecília Meireles ( In Canções)

domingo, 31 de julho de 2011

Meu Deus, me dê a coragem


Meu Deus, me dê a coragem de viver trezentos e sessenta e cinco dias e noites, todos vazios de Tua presença. Me dê a coragem de considerar esse vazio como uma plenitude. Faça com que eu seja a Tua amante humilde, entrelaçada a Ti em êxtase. Faça com que eu possa falar com este vazio tremendo e receber como resposta o amor materno que nutre e embala. Faça com que eu tenha a coragem de Te amar, sem odiar as Tuas ofensas à minha alma e ao meu corpo. Faça com que a solidão não me destrua. Faça com que minha solidão me sirva de companhia. Faça com que eu tenha a coragem de me enfrentar. Faça com que eu saiba ficar com o nada e mesmo assim me sentir como se estivesse plena de tudo. Receba em teus braços meu pecado de pensar.
(Clarice Lispector)

sábado, 23 de julho de 2011

 Hoje em dia ninguém diz mais: eu te amo!
porque convém que apaguem da memória
as lembranças do amor que algum engano
transformou em rascunho alguma história.

Então por quem dizer que ainda me ufano
de morrer-me de amor mesmo sem glória
se o que era sacro vem-me então profano
por quem a renascença é mais simplória?

Sempre cuidei transpor versões proibidas
contra os padrões formais das permitidas
que eu das paixões não descuidei jamais.

Mas os padrões de amor foram vencidos.
Transponho então as flores dos sentidos
e ‘te amo’ entre as roseiras dos quintais!
(Afonso Estebanez)

domingo, 17 de julho de 2011

AMIGO- Pablo Neruda

  Amigo, leva o que quiseres,
penetra teu olhar nos recantos,
e se assim o desejas, te dou minha alma inteira,
com suas brancas avenidas e suas canções.
Amigo, com a tarde faz que se vá
este inútil e velho desejo de vencer.
Bebe em meu cântaro se tens sede.
Amigo, com a tarde faz que se vá
este desejo meu de que toda a roseira me pertença.
Amigo, se tens fome come de meu pão.

Tudo, meu amigo, fiz para ti, Tudo isto
que sem ver verás em minha estância nua:
tudo isto que se eleva pelos muros direitos
- como meu coração - sempre buscando altura.

Sorris, amigo. Que importa! Ninguém sabe
entregar nas mãos o que se leva por dentro,
mas eu te dou minha alma, ânfora de méis suaves,
e tudo te dou... Menos aquela recordação...
...Que em minha fazenda vazia aquele amor perdido
é uma rosa branca que se abre em silêncio...

(Pablo Neruda) 

http://spleenbored-minhaspoesiasfavoritas.blogspot.com

segunda-feira, 4 de julho de 2011

A FORÇA DO AMOR - ROUPA NOVA

EU e TU



EU e TU
Sentados no palácio duas figuras,
São dois seres, uma alma, tu e eu.
Um canto radioso move os pássaros
Quando entramos no jardim, tu e eu!
Os astros já não dançam, e contemplam
a lua que formamos, tu e eu!
Enlaçados no amor, sem tu nem eu,
Livres de palavras vãs, tu e eu!
Bebem as aves do céu a água doce
De nosso amor, e rimos tu e eu!
Estranha maravilha estarmos juntos:
Estou no Iraque e estás no khorasan (Lucchesi, 2000, p. 19).

Um coração Igualzinho ao seu


 Tenho dentro de mim um coração que é igualzinho ao seu... Neste coração há as cicatrizes de amores e desamores...
Meu coração tem as batidas dos sonhos dos apaixonados pela vida, pelas pessoas e pelas as amizades...
Pobre coração acredita e se e encanta fácil com as palavras e melodias melosas,
Trago dentro do peito um coração cheio de  medos e desejos mais secretos...
Pobre coração de tão bobo que é chora ao perceber que você foi um sonho de amizade pura e verdadeira.

( LuceSoPhia, 04.07.2011)

O que você achou do novo visual?