sábado, 30 de abril de 2011

UM DIA SERÁ NORMAL

Quem poderia dizer que depois de tanto amor,
haveria tanta indiferença entre nós?
Quem poderia dizer que não seguiríamos juntos
e terminaríamos sós?

O que tínhamos acabou e
nem as recordações quiseram ficar.
Não restou nada além desse imenso e frio vazio.
Não restou nada além de uma grande decepção.

Lembro-me de quantos sonhos tínhamos,
lembro de quanta emoção.
Sei que tudo realmente não passou de sonho,
pois o que vivemos foi tudo ilusão.
É estranho agora ter que recomeçar.
Trilhar um caminho solitário, sem
saber o que irá me esperar.

É estranho olhar para o lado e não te encontrar,
muito mais estranho é não ter você
para me apoiar.

Sei que uma hora eu irei me acostumar.
Achar normal em contar somente comigo.
Sei que a saída do labirinto eu vou encontrar.
Um dia será normal te ter como amigo.

(Andrea BAG)

Nos meus sonhos..."

"Nos meus sonhos..."

Encontros inesperados!



Para que me buscas?!
pois também buscava-me
por aí...e nada encontrava...
Um dia descobri que minhas buscas
eram tão mesquinhas
tão ínfimas que não queria nada
que minha busca era
para saciar as minhas faltas
sem pensar em mais nada
somente em satisfazer desejos
que de tão infundados
me inundavam de sofrimento
e mais me procurava em ti
sem saber ao certo onde meu eu está
Procurei-te até no fundo de teu mar
e só encontrei-te
quando em mim mesmo encontrei!
(Fouquet, 30 de abril de 2011)

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Arrependimento



Não quero te atender quando você me ligar
Pois sei que verdades vou falar
E também coisas que não devo
Não há nada de novo
Mas se você ficar só a me ouvir
Já é o bastante para você saber quando estou a mentir
Não quero transparecer que estou arrependida
E tenho ciúmes ainda
Não quero demonstrar estar apaixonada
Fico a escrever por medo
De você tirar de mim meu mundo
Sei que você não quer mais olhar meu rosto
Pois o que eu fiz não foi o certo
Mas eu queria tanto saber o que elas pra você significavam
E se vocês se amavam
Desliguei o celular
E ao sonhar
sonhei contigo
Não só como amigo
Mas ao acordar
Tive vontade de chorar
Veio arrependimentos de não te atender

sábado, 23 de abril de 2011

SONHO OU REALIDADE


TER CORAGEM PARA VIVER



Meu Anjo do Amor


                      

                       O  amor é loucura da alma, o fogo do corpo, a inquietação
da mente,   A eterna paixão de estar e sentir você.    
  É a dor de não mais te ter, é a saudade de amar você,
É  por uma noite  nunca poder te esquecer. É o sorriso maroto         igual de um garoto iluminando os meus.  
 È um anjo amigo que nem sempre está comigo,
Mas sempre a eu proteger.                           (Arthur Amaral de Souza)

SONHO ACORDADO


Dentro de quatro paredes
Em escuridão
Deitado na cama choro... soluço
sinto  falta de você
bem aqui ao meu  lado penso...imagino...
Meus braços estão vazios
ainda  posso sentir seu cheiro e calor
pura energia tua
Entro em profundo sono...sonho...
viajo  em fantasias loucas
intenso  momento insanos
caminhando lado a lado percorremos a eternidade
eu ...você e nossos filhos
felizes..encontrei-te pelos caminhos
na estrada da vida.
Me afogo em teus olhos
desejo claro deste amor verdadeiro
Então acordo...deste lindo sonho
E me deparo com a vida sorrindo...
como  um facho de luz
invadiu  o quarto trouxe contigo
a beleza e os teus encantos
posso  ouvir você chamando o meu nome
implorando  que eu te beije
pedindo que  te abrace...
neste instante nosso de felicidade.
(Fouquet, 08 de julho de 2010)



Em pecado, simplesmente peça!

 Vem...
quero-te assim
cheia de desejo
peca comigo sem medo
peça sem pudor
e sem razão
quero te fazer pecar assim...
peça sem medo
que te farei
desejar-me pela vida toda
peca comigo hoje
amanhã simplesmente peça
pois nossos anseios
não são pecado
são na verdade
os mais puros
e doces desejos
que afloram a nossa alma
e que transbordam
feito gotas de orvalho
mas dum tipo diferente
goticulas de amor
transformam o pecado
nas mais loucas formas de amor
Vem...mesmo em pecado
peca...peça o que desejas
vem...sem medo
faz amor comigo!!!
(Fouquet, 6 de abril de 2011)

quarta-feira, 20 de abril de 2011

De repente nos encontramos!


Estávamos quietos 
cada qual no seu canto
Nossos corações fechados 
blindados com medo de tudo
De repente nos encontramos
tudo começo apenas com amizade
idas...e vindas...cineminha...
e mais nada
Sem que eu me desse conta
bem devagar...observei-te
bem mais a fundo
trocamos palavras mais doces..
Ainda me lembro bem
o primeiro dia que vi você
Foi ali que senti um a mais
Dentro de mim acendeu-se algo
A verdadeira chama do amor
Nossos olhos se cruzaram
Mas os medo nos impedia...
os dias se passaram...
e a falta por ti aumentou
que te ver mais uma vez
e outra...e mais outras tantas
Enfim, o medo deu lugar ao desejo
a vontade de beijar a tua boca
e sem pensar...aconteceu
ali começou um grande amor.
Agora se tornou um amor tão forte
Que nem sei mais se aprenderia viver solitário
Só sei de uma coisa
Que você é o grande amor 
aquele amor da minha vida
Uma pergunta vem sempre a minha cabeça
Porque nos conhecemos?
Será que foi o destino?
ou será que estava escrito?
Para essas perguntas eu não tenho respostas
não tenho ainda
Só sei que tínhamos que nos conhecer
Somos semelhantes em tantas coisas
somos dois que num instante
viramos um...
A eternidade pertence a nós
E pela eternidade vamos nos amar.
Nossa relação é tão perfeita
fusão verdadeira...
 às vezes, penso que é um sonho
Mas logo olho para o lado
E a vejo e me convenço
Que você existe e 
que comigo estas aqui...
Junto a mim
dentro do meu coração
fazes parte dos meus sonhos
Te amo...Te desejo...Te quero...
intensamente!
(Fouquet, 30 de outubro de 2010)

domingo, 17 de abril de 2011

Se Permitires Quem Vai Pesquisar Sou Eu

se permitires quem vai pesquisar sou eu
vou procurar detalhes
e ver teu sorriso ficar intenso
Olho-te com desejo
e vejo mais que belos olhos
olho mais um pouco
e vejo as tuas qualidades
que contaminam a minha essência
e que fazem parte da minha existência
Permita-me...olhar tudo
inclusive as curvas...
as saliências bem desenhadas
Quero mais, desejo sentir na ponta dos dedos
o calor... e pressentir a textura da tua pele
que assim morena...
me encanta e faz meu coração sorrir!
(Fouquet, 5 de abril de 2011)

NOSSO TEMPO

Já somos seres especiais
Não sei bem o que nos liga, 
mas há um toque... algo mágico
a forma como nos falamos, 
até mesmo como nos acarinhamos, 
a forma como nos olhamos
e com encaixamos com a proibição dos nossos corpos
Bombástico! a forma como nos tocamos
com sutileza e intensidade

Sem que nada fosse pensado para tal, 
o desejo da experimentação atacou os dois
como um relâmpago...como um raio
viveremos cada dia como o primeiro... 
e nos conheceremos afinal, 
vamos encontrar os nossos limites
ultrapassa-los ilimitadamente
Tenho na flor da minha pele
muito desejo a ser experimentando
muita vontade... e intensidade...
Desejo compartilhar...
saboreando teu beijo
sentindo teu corpo quente
Mas te digo...que namorar ainda não
não tenho planos para isso...
quero que aconteça naturalmente
Nem mesmo sei o que quero
quero viver a vida com intensidade divina
e quem sabe, encontrar alguém que me complete
que faça parte desta vida
Minha vontade de viver é imensa
acredito no amor...e sei que está por aí
me esperando em algum lugar
Pode ser você...pode ser qualquer ser
Tenho gravado no meu peito
que sempre amarei 
e que amarei eternamente!
O tempo dirá...quem em mim habitará
deixo o tempo passar
e ele mesmo dirá quem és
e simplesmente quem serás!
(Fouquet, 16 de abril de 2011)

sábado, 16 de abril de 2011

Eu Sei - papas da língua

Sem Radar ( LS Jack)

É só me recompor
Mas eu não sei quem sou
Me falta um pedaço teu
Preciso me achar
Mas em qualquer lugar estou
Rodando sem direção eu vou...
Morcego sem radar
Voando à procurar
Quem sabe um indício teu
Queimando toda fé
Seja o que Deus quiser
Eu sei!
Que amargo é o mundo sem você....
Você me entorpeceu
E desapareceu
Vou ficando sem ar
O mundo me esqueceu
Meu sol escureceu
Vou ficando sem ar
Esperando você voltar...
É só me recompor
Mas eu não sei quem sou
Me falta um pedaço teu
Queimando toda fé
Seja o que Deus quiser
Eu sei!
Que amargo é o mundo sem você...
Você me entorpeceu
E desapareceu
Vou ficando sem ar
O mundo me esqueceu
Meu sol escureceu
Vou ficando sem ar
Esperando você...
Escrevendo minha própria lei
Desesperadamente eu sei
Tentando aliviar
Tentando não chorar
Por mais que eu tente esquecer
Memórias vem me enlouquecer
Minha sentença é você...
Você me entorpeceu
E desapareceu
Vou ficando sem ar
O mundo me esqueceu
Meu sol escureceu
Vou ficando sem ar
Esperando você voltar
Voltar!...


Fera Ferida (trechos)

Eu sei!
Quanta tristeza eu tive
Mas mesmo assim se vive
Morrendo aos poucos por amor

Eu sei!
O coração perdoa
Mas não esquece à toa
E eu não me esqueci...

Eu sei!
Que flores existiram
Mas que não resistiram
A vendavais constantes

Eu sei!
Que as cicatrizes falam
Mas as palavras calam
O que eu não me esqueci...
(Roberto Carlos)

sexta-feira, 15 de abril de 2011

ABSOLUTA


 Meu olhar passeia por

teu corpo nu e viril,

como fêmea ardente...

sinto nos seus olhos,

o desejo do homem pela

mulher que o quer,

que vai

entregar seu corpo,

nua...absoluta...sem pudores.

Com doçura, com loucura,

os corpos se tocam,

as bocas se entregam

ao delírio do beijo,

dos toques que os levarão

a saciar a paixão

que os consome...

Só existe os dois na

penumbra entre os lençóis

tão cúmplices desses corpos

que saciam os desejos...

Exaustos,

no silêncio, se abraçam,

adormecem enlaçados

de amor e absoluta ternura

do amor vivido...

(http://tudoparaseuorkut.loveblog.com.b)

quarta-feira, 13 de abril de 2011

ENTREMEIOS...


Ainda sinto o calor
destes braços fortes
apertando meu corpo
me dando suporte...
Deste teu jeito lindo
de beijar meus seios
acariciar meus meios
e entremeios...
Escancarando tudo
minh'alma, meus segredos
desvendando meus medos
em tuas mãos de veludo...
São carícias e beijos
que despertam paixões
aumentam meus desejos
me enche de ilusões...
Cravo-te os dentes
nestes momentos de loucura
planta em mim a semente
sou paixão latente
insensatez pura...
(nana okida)

TEUS VERSOS EM MINHA PELE..


Como queria sentir teus versos em minha pele
Teu sabor deslizando por minha face, ombros...
O teu cheiro forte penetrar por minhas entranhas
Sentir teu olhar ardente me querendo mais e mais
Tua língua passeando pelo meu céu estrelado
Nossos lábios se provando sem querer se separar
Como queria sentir teus versos em minha pele...
Isabel Nocetti

EM MINHA ALMA!



Habita um coração...
Que chora que canta...
Que ri e se encanta...
Em minha alma...
Habita uma fera...
Que desperta no cio...
E é movida pela paixão...
Sensual e felina...
Onde ela abate...
Saciada adormece...
Em minha alma habita uma mulher...
Sedenta de carinhos....
Desejos e vontades...
Mulher que sonha...
Que ama e se entrega...
E carrega consigo um anjo...
Onde vê a fera adormecida...
Já cansada pela ironia do destino...
E sorri entende perdoa...
Com amor ele lhe acaricia...
Pois são donos...
De um mesmo coração...
De um mesmo sentimento...
De uma mesma paixão...
De uma mesma alma...

Vania Staggemeier

terça-feira, 12 de abril de 2011

EU QUERIA!!


Queria tanto estar junto a ti, poder tocar-te a pele macia,
sentir o calor de teus braços, os meus aos teus envolvendo,
acariciar-te a nuca, sussurrar em teus ouvidos, oh agonia,
palavras não descrevem, tudo aquilo que estou perdendo!

Um olhar, doce, tranqüilo, sorridente e profundo,
cativante como o raiar da aurora, quero correr,
sentir a brisa fresca da manhã, quero respirar,
teu perfume a me atrair, me chamar, preciso viver,
estes momentos sem tempo ou espaço, desejo te amar,
te beijar, te falar, pois és minha vida, meu mundo!

E corre outra vez a madrugada, e meus dedos voam
a martelar estas frases em negro, contra o branco
desta tela sem alma, seguro na garganta meu pranto,
faltam-me as cores da tua presença, e aquele manto
de paz e carinho com que me abrigas, me envolves,
e as palavras doces com que minhas mágoas dissolves,
lembranças de ti, de nós, em minha cabeça ecoam!

Tão simples, tão puras, como um regato cristalino,
sem adornos, que não esparsas penhas desgastadas,
a testemunhar o correr das águas, persistência,
sempre na faina de moldar, sem perder a inocência,
seu caminho na terra, margens suaves, relvadas,
onde ainda é criança, este coração de menino!


(Golden)

quinta-feira, 7 de abril de 2011

HÁ MOMENTOS....

Há momentos na vida em que sentimos tanto
a falta de alguém que o que mais queremos
é tirar esta pessoa de nossos sonhos
e abraçá-la.

Sonhe com aquilo que você quiser.
Seja o que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida
e nela só se tem uma chance
de fazer aquilo que se quer.

Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.

As pessoas mais felizes
não têm as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor
das oportunidades que aparecem
em seus caminhos.

A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem
a importância das pessoas que passam por suas vidas.

O futuro mais brilhante
é baseado num passado intensamente vivido.
Você só terá sucesso na vida
quando perdoar os erros
e as decepções do passado.

A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar
duram uma eternidade.
A vida não é de se brincar
porque um belo dia se morre.
Clarice Lispector

quarta-feira, 6 de abril de 2011

CONVERSANDO COM DEUS!!


Deus...
            Estou prestes a ver pessoalmente "meu" anjo loiro, cujos olhos azuis deram vida aos meus olhos... Antes dele, havia perdido a fé nos homens e no amor... Vagava pelas ruas sem me fazer notar, como também, não enxergava nada a minha volta.
            Ele, meu Deus, não utilizou  a voz para me convencer de que existem homens legais e que estão dispostos a compartilhar o amor que é inerente as suas almas. Usou a língua dos anjos, o silêncio...
            Só consegui decifrar suas mensagens, quando li seus versos e suas prosas. Todavia tive de ler com a minha alma, para entender os mistérios de seus escritos.     Lendo seus versos, senti-lhe tão puro, honesto, amável, gentil, sensível, homem amante e senti-o amor... Mas Também, o percebi só, sofrido por amores partidos, contudo, fiel na certeza de que um novo amor iria aparecer. Aí, entendi também, que nunca amaremos as pessoas da mesma forma... E nem seremos amados com a mesma intensidade. O que não se pode é deixar de sentir o amor! Receberemos amor conforme a intensidade do amor que sentimos por nós mesmos!
             Sempre que lia suas poesias procurava desvendar seu caráter, seus gostos, seus medos, suas frustrações e seus sonhos... Agitava-me interiormente, quando lia algo, que eu comungava do mesmo pensar ou mesmo querer... Tu bem sabes, meu Deus o quanto já sofri, amei sozinha, mesmo tendo em meus pensamentos e ao meu lado alguém.              Engraçado ultimamente tenho sonhos, não consigo lembrar direito, porém, ao  acordar são os olhos azuis desse anjo que me vem a mente! Quando recebi o convite para conhecê-lo, pessoalmente, tremi e tive medo...
            Sendo ele um homem que me transmite confiança, não temi em falar-lhe do medo que sentia desse encontro. Como se era de esperar de um anjo, de um amigo acalmou-me o espírito, dando a certeza que tudo sairia bem. Não consegui fazer-me entender... Pois não estava e não estou com medo dele. Mas sim do encontro... Do depois do encontro. Mas agora aqui conversando com vós, meu Deus, vejo que não há motivo para o temor... Não criarei expectativas quanto o antes ou depois... Serei eu,... Verdadeira sem truques ou números ensaiados.
            Entrego em tuas mãos nosso encontro!Sei que eu e ele, procuramos as mesmas coisas, ou seja, um amor puro e verdadeiro, sem preconceitos ou tabus, uma pessoa companheira... Alguém que seja merecedora de nós, pois somos especiais. Sim, especiais, pois quando amamos, somos coração, alma, corpo, sexo, desejo, cúmplice e fiel a pessoa que está ao nosso lado.
            Caso não role química, encontraremos nossas almas gêmeas em outros lugares, em outras pessoas. A única certeza que tenho é que depois deste encontro estaremos ligados para o resto de nossas vidas pelo amor... Pelo amor entre um homem e uma mulher ou entre eternos amigos!
Obrigada meu Deus por tudo que tens feito na minha vida... Por tê-lo posto em meu caminho.
(LuceSohia, 06.04.2011)

terça-feira, 5 de abril de 2011

ISSO É SABEDORIA!!

Quando fazemos tudo para que nos amem e não conseguimos, resta-nos um último recurso: não fazer mais nada. Por isso, digo, quando não obtivermos o amor, o afeto ou a ternura que havíamos solicitado, melhor será desistirmos e procurar mais adiante os sentimentos que nos negaram. Não fazer esforços inúteis, pois o amor nasce, ou não, espontaneamente, mas nunca por força de imposição. Às vezes, é inútil esforçar-se demais, nada se consegue;outras vezes, nada damos e o amor se rende aos nossos pés. Os sentimentos são sempre uma surpresa. Nunca foram uma caridade mendigada, uma compaixão ou um favor concedido. Quase sempre amamos a quem nos ama mal, e desprezamos quem melhor nos quer. Assim, repito, quando tivermos feito tudo para conseguir um amor, e falhado, resta-nos um só caminho...o de mais nada fazer.
(Clarice Lispector)

O que você achou do novo visual?