terça-feira, 25 de dezembro de 2012



"Eu te amo sem saber como, 
nem quando, nem onde. 
Eu te amo simplesmente, 
sem problemas nem orgulho: 
Eu te amo assim, 
porque eu não conheço nenhuma outra maneira de amar, 
Nenhuma outra forma
onde não estão nós dois
uma forma tão íntima, 
que a tua mão sobre meu peito 
é a minha mão, 
tão íntima que quando eu adormecer 
seus olhos fecharão ". 



 Fouquet www.fouquetpoesias.com no Fouquet poesias em 12/25/2012 04:11:00 AM

O que você achou do novo visual?