sábado, 2 de julho de 2011


GOSTO


 
Gosto de falar com você
desse seu jeito de menino
falando  devagarzinho
sem quase nada dizer.
Gosto de lhe provocar
de ver você gaguejar
sem saber o que fazer
quase querendo correr.
Gosto de lhe confessar
sentimentos que o perturbam
só para vê-lo corar
e reticente sorrir.
Gosto do seu jeito doce
que eu desejei abraçar
proteger do mundo
esconder... amparar.
Gosto de esperar você
misturá-lo ao meu sonhar
ver o sonho renascer
quantas vezes precisar.
 
                                                           (Tere Penhabe)

O que você achou do novo visual?