sexta-feira, 24 de junho de 2011

Encontro de almas- RUMI


Vem,
Conversemos através da alma.
Revelemos o que é secreto aos olhos e ouvidos.
Sem exibir os dentes,
Sorri comigo, como um botão de rosa.
Entendamo-nos pelos pensamentos,
Sem língua, sem lábios.
Sem abrir a boca,
Contemo-nos todos os segredos do mundo,
Como faria o intelecto divino.
Fujamos dos incrédulos
Que só são capazes de entender
Se escutam palavras e vêem rostos.
Ninguém fala para si mesmo em voz alta.
Já que todos somos um,
Falemos desse outro modo.
Como podes dizer à tua mão: “toca”,
Se todas as mãos são uma?
Vem, conversemos assim.
Os pés e as mãos conhecem o desejo da alma.
Fechemos pois a boca e conversemos através da alma.
Só a alma conhece destino de tudo, passo a passo.
Vem, se te interessas, posso mostrar-te.
(Carvalho, 1996, p. 33). http://www.ufjf.br/sacrilegens/files/2011/02/7-10.pdf

Beijo‏

Tantas e tantas formas
o beijo se amolda

Tantas e tantas maneiras
o beijo excita...

Tanta e tantas vezes
o beijo agita

Tantos são os tipos
o beijo é obra- prima

Tantas e tantas vezes
é cheio de êxtase
o beijo é a mais, é pura ousadia
O beijo é mais...
é mistura, é fusão, é confusão
O beijo é essência
que verte e reverte
instantes de tensão
em tesão ardente...
Beijo é arte...
é fantasia
é desejo
insanidade
é a mais profunda magia!

(Fouquet, 24 de junho de 2011)  

O que você achou do novo visual?