terça-feira, 7 de junho de 2011

Promessa de amor

Quando meu corpo encontrar o teu,
Numa das curvas do meu destino,
Quero fazer teu amor só meu,
No amanhecer deste amor felino.
Me aconchegar mansinha em teu colo,
Me aquecer no calor de teus beijos,
Rolar nossos corpos ao solo,
Embriagados pelos desejos.
Te fazer acordar de um sonho,
Te trazer à uma cena real,
Te amar...ser feliz me proponho,
Com artimanhas de um animal.
Depois do amor sedento e louco,
Como fera domada ou vencida,
Tentarei me acalmar, pouco a pouco,
E quedarei feliz, adormecida! 
(Biatassis )http://www.universodasartes.com/poesias/poesias_biatassis.htm

O que você achou do novo visual?