domingo, 17 de abril de 2011

Se Permitires Quem Vai Pesquisar Sou Eu

se permitires quem vai pesquisar sou eu
vou procurar detalhes
e ver teu sorriso ficar intenso
Olho-te com desejo
e vejo mais que belos olhos
olho mais um pouco
e vejo as tuas qualidades
que contaminam a minha essência
e que fazem parte da minha existência
Permita-me...olhar tudo
inclusive as curvas...
as saliências bem desenhadas
Quero mais, desejo sentir na ponta dos dedos
o calor... e pressentir a textura da tua pele
que assim morena...
me encanta e faz meu coração sorrir!
(Fouquet, 5 de abril de 2011)

NOSSO TEMPO

Já somos seres especiais
Não sei bem o que nos liga, 
mas há um toque... algo mágico
a forma como nos falamos, 
até mesmo como nos acarinhamos, 
a forma como nos olhamos
e com encaixamos com a proibição dos nossos corpos
Bombástico! a forma como nos tocamos
com sutileza e intensidade

Sem que nada fosse pensado para tal, 
o desejo da experimentação atacou os dois
como um relâmpago...como um raio
viveremos cada dia como o primeiro... 
e nos conheceremos afinal, 
vamos encontrar os nossos limites
ultrapassa-los ilimitadamente
Tenho na flor da minha pele
muito desejo a ser experimentando
muita vontade... e intensidade...
Desejo compartilhar...
saboreando teu beijo
sentindo teu corpo quente
Mas te digo...que namorar ainda não
não tenho planos para isso...
quero que aconteça naturalmente
Nem mesmo sei o que quero
quero viver a vida com intensidade divina
e quem sabe, encontrar alguém que me complete
que faça parte desta vida
Minha vontade de viver é imensa
acredito no amor...e sei que está por aí
me esperando em algum lugar
Pode ser você...pode ser qualquer ser
Tenho gravado no meu peito
que sempre amarei 
e que amarei eternamente!
O tempo dirá...quem em mim habitará
deixo o tempo passar
e ele mesmo dirá quem és
e simplesmente quem serás!
(Fouquet, 16 de abril de 2011)

O que você achou do novo visual?