quarta-feira, 13 de abril de 2011

ENTREMEIOS...


Ainda sinto o calor
destes braços fortes
apertando meu corpo
me dando suporte...
Deste teu jeito lindo
de beijar meus seios
acariciar meus meios
e entremeios...
Escancarando tudo
minh'alma, meus segredos
desvendando meus medos
em tuas mãos de veludo...
São carícias e beijos
que despertam paixões
aumentam meus desejos
me enche de ilusões...
Cravo-te os dentes
nestes momentos de loucura
planta em mim a semente
sou paixão latente
insensatez pura...
(nana okida)

TEUS VERSOS EM MINHA PELE..


Como queria sentir teus versos em minha pele
Teu sabor deslizando por minha face, ombros...
O teu cheiro forte penetrar por minhas entranhas
Sentir teu olhar ardente me querendo mais e mais
Tua língua passeando pelo meu céu estrelado
Nossos lábios se provando sem querer se separar
Como queria sentir teus versos em minha pele...
Isabel Nocetti

EM MINHA ALMA!



Habita um coração...
Que chora que canta...
Que ri e se encanta...
Em minha alma...
Habita uma fera...
Que desperta no cio...
E é movida pela paixão...
Sensual e felina...
Onde ela abate...
Saciada adormece...
Em minha alma habita uma mulher...
Sedenta de carinhos....
Desejos e vontades...
Mulher que sonha...
Que ama e se entrega...
E carrega consigo um anjo...
Onde vê a fera adormecida...
Já cansada pela ironia do destino...
E sorri entende perdoa...
Com amor ele lhe acaricia...
Pois são donos...
De um mesmo coração...
De um mesmo sentimento...
De uma mesma paixão...
De uma mesma alma...

Vania Staggemeier

O que você achou do novo visual?