sábado, 31 de dezembro de 2011

HOJE ME SINTO ASSIM...

"Ando meio fatigado de procuras inúteis e sedes afetivas insaciáveis."


"Meu coração tá ferido de amar errado."


"Acho espantoso viver, acumular memórias, afetos."


"É preciso estar distraído e não esperando absolutamente nada. Não há nada a ser esperado. Nem desesperado."


"Tô exausto de construir e demolir fantasias. Não quero me encantar com ninguém."


"Quem diria que viver ia dar nisso?"


"Mas sempre me pergunto por que, raios, a gente tem que partir. Voltar, depois, quase impossível."


"Loucura, eu penso, é sempre um extremo de lucidez. Um limite insuportável."


"Num deserto de almas também desertas, uma alma especial reconhece de imediato a outra."


"A gente se apertou um contra o outro. A gente queria ficar apertado assim porque nos completávamos desse jeito, o corpo de um sendo a metade perdida do corpo do outro." (Caio F Abreu)

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Sonhando com Deus


Na última noite
eu tive um sonho lindo
sentei a beira mar
numa noite de lua cheia
estava eu apenas
e Deus estava comigo
Conversamos demoradamente
Ele me fez contar as estrelas
e contou cada qual suas histórias
foi rico aquele momento
único e intenso...
senti o mundo silenciar
tudo parou, até o vento
Pude sentir seu carinho
e ouviu os meus pedidos
Disse-me, calma meu filho
tudo tem o seu tempo
Então, olhou-me nos olhos
e repetiu comigo
a oração do Pai Nosso 
Disse-me ainda...
..."olha para frente...
e segue o teu caminho"
"...Eu estou aqui...sempre estive
estarei eternamente
protegendo cada um
cada qual dos meus filhos" 
Acordei e me sentia leve
senti-me tranquilo
Hoje ainda lembro daquele sonho
levo ele para minha vida!
(Fouquet, 27 de dezembro de 2011)
Publicado em: http://www.pecadosdaalma.com/

INSTANTE

Que faria eu sem este mundo sem rosto sem perguntas
Onde o ser só dura um instante e onde cada instante
Transborda para o vazio o esquecimento de ter existido
Sem esta onda onde por fim
Corpo e sombra juntos se anulam
Que faria eu sem este silêncio poço fundo de murmúrios
Curvando-se a pedir socorro pedir amor
Sem este céu posto de pé
Sobre o pó do seu lastro
Que faria eu faria como ontem e como hoje
Olhando para a minha janela vendo se não estou sozinho
A errar e a mudar distante de toda a vida
preso num espaço incontrolável
Sem voz no meio das vozes
Que se fecham comigo.

Samuel Beckett(tradução inédita de Mário Carvalheira)
(Publicado em:  minhaspoesiasfavoritas.blogspot.com)
 

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Intensidade!‏


Não sou pessoas de meias palavras
o pouco não me serve
Meios, médios não me satisfazem
metades jamais foram meu forte
meias verdades
meias palavras 
até podem me interessam
mas com o tempo 
começo a analisar
palavras podem me conquistar
mas para mim 
o mais importante
são as ações... 
a vontade de querer
as atitudes...
o jeito verdadeiro de ser
isso me chama
me atenta e desafia
a querer com intensidade
Nada que é meio
que é metade...
ou pior o que é pouco
me interessa...
me satisfaz
sou eu...
eu mesmo...
sou intenso...
a intensidade me prende...
arrebata meu coração
faz de mim o que sou
(Poeta Sedutor, 11 de dezembro de 2011)

Para onde eu vou...‏


Ora...para onde o vento
para onde o destino
as correntes me levarem
Sem medo...nem receio
deixo-me levar pela vida
pelo mundo
por um ser divino
que me leva e eleva
e me mostra o caminho
Ora...deixo-me levar!
Elevo-me ao seguir
ir adiante...parar...ficar estático
tudo me leva acreditar
que Deus sabe bem
mas que deseja o meu bem
e nós escolhemos
se vamos ou se seguimos
para onde viajar!
(Fouquet, 11 de dezembro de 2011)

O mundo mudou!‏


Não feche os olhos enquanto me ama...
Deixe-os abertos...
olhe-me bem, que falarei com tua alma
Olhos espertos, repletos de fome...
te desejo olhando-me sempre
lendo também a minh'alma
que de olhos abertos
vê cada detalhe teu
sem pensar em mais nada
Beije...abrace...
viva cada instante
pois amanhã, não se sabe
O mundo da volta todo o tempo
e aquilo que parece belo
profundo e verdadeiro
pode se tornar frágil...
pode acabar como a hora
os dias passam...correm...
tudo muda dum instante para o outro
até mesmo nossos amores!
Acorde, o mundo mudou...
o amor mudou seu sentido
beija-se tantas vezes sem sentido
sem realmente sentir o outro
com a profundeza da alma!
(Poeta Sedutor, 13 de dezembro de 2011)

domingo, 4 de dezembro de 2011

MUITO OBRIGADA MEU AMIGO...HAVENGARD!!!!

MEU AMIGÃO SUAS PALAVRAS FICARÃO ETERNIZADAS NA MINHA ALMA E CORAÇÃO PARA SEMPRE!! MEU ANJINHO QUE VEIO ME AJUDAR NA MINHA CAMINHADA TERRENA...BRUXO DO BEM, DO AMOR E DO PERDÃO!!ADORO-TE!! 

...A VIDA INSISTE EM TE "GRITAR" ALGO QUE AINDA NÃO CONSEGUES OUVIR, EU SEI...., MAS , QUANDO TUA ALMA SE AQUIETAR E PARAR DE CHACOALHAR FAZENDO BARULHO EM TEU SER CARNAL E ESPIRITUAL, HAVERÁ SILÊNCIO SUFICIENTE PRA TI OUVIR O QUE A VIDA ESTÁ A TE GRITAR AMIGA!! CREIA-ME!!
MARCELO HICKEL PRADO  03.12.11)



O que você achou do novo visual?